25/05/2016

TENDINITE OU CERVICOBRAQUIALGIA - Qual o diagnóstico correto?

Na década de 1990, tivemos uma avalanche de pacientes com diagnóstico de Tendinite, porém a maior parte dos pacientes que tive a oportunidade de tratar, cerca de 90% ou mais, estavam com diagnóstico errado.
Ambas as doenças existem, mas são bem diferentes, tanto na queixa do paciente quanto no resultado do diagnóstico.
É imperativo que se faça o diagnóstico correto, caso contrario o resultado do tratamento será pífio ou nulo.


Vamos entender primeiramente a tendinite:


O Tendão é um "cordão" fibroso, com muito pouca elasticidade, que liga o músculo ao osso. A contração do músculo provoca o movimento do osso que está ligado à outra extremidade do seu tendão.










Como o próprio nome explica, Tendinite é uma inflamação de um ou mais tendões (tendi - tendão, ite - inflamação).

Isso pode ocorrer pelo excesso de uso de um determinado tendão em movimentos repetitivos ou excesso de força.

As mais comuns são:

Tendinite de Tenista (Tennis Elbow) que leva este nome porque o tenista faz um movimento errado com a mão ou porque a raquete está mal calibrada e transmitindo muita vibração para a região do cotovelo (Epicôndilo Lateral).








Tendinite de Golfista que é causado por um movimento errado do golfista. No início da descida do "Swing", ele inicia com movimento da mão, quando deveria iniciar com movimento dos Ombros. 
É uma dor no tendão que liga o músculo ao Epicôndilo Medial, localizado na região interna do cotovelo.


Tendinite de Quervain que acontece na região posterior do polegar. Normalmente está associado á posição que se segura um recém nascido ou algum movimento com o polegar.





Observe nas figuras que a dor vai aparecer em uma região muito pequena, exatamente sobre o tendão ou sua inserção no osso.




E a Cervicobraquialgia? o que é?


O nome se refere a uma dor no braço (braqui - braço, algia - dor) de origem cervical (cervico).

Isso acontece quando uma raiz nervosa que se dirige para o braço está comprimida em sua origem, na saída da coluna, próximo à Medula Espinhal.





Estes nervos levam nomes de C5, C6, C7 e C8 pois recebem o nome das vértebras onde se originam, com exceção de C8 que está abaixo de C7.


Estes nervos seguem um trajeto que pode ser reconhecido através de um mapa de Dermátomos (região da derme). Veja a figura ao lado.






Muito bem, espero que isso possa ajudar a desvendar o mistério da Tendinite e da Cervicobraquialgia.

Procure um profissional capacitado para tratar da sua saúde. Ela não tem preço.


Por: Dr. Edward L. Cervantes